sábado, 25 de setembro de 2010

Nós paradoxalmente mesmas


Bobeira e fofura. Unhas e futebol. Balada e cinema. Graça e desespero. All star e havainas. Responsabilidade e infantilidade. Idiotice e genialidade. Escrotice e sensualidade.

Moda e engenharia. Literatura e matemática. Dribles e coxas. Um pouco a mais de bondade e um pouco a mais de maldade. Ironia e inocência. Verde e roxo. Caras gostosos e política. Sonhar e chorar. Gargalhar e insistir. 

Depender e ignorar. Viver e.. viver. Viver já paradoxal em si mesmo. Viajar e se perder. Achar-se e querer fugir. Ficar e se esconder. Deixar se descobrir. Abandonar e alcançar. Ouvir e se expressar. Arriscar e disfarçar.

Viver e viver mais, ainda mais. 

Zo. 

4 comentários:

Julia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
DeFatto! disse...

eu amo muito você!

DeFatto! disse...

ta muito engraçado isso, parece que eu me amo. pkspks, coisa fofa, também te amo *-*

Macaco Pipi disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.